twitter
facebook
linkedin
rss
19 / jun 2020

COMO SER OTIMISTA

Aos oitenta e quatro anos, sou levado a admitir que a saudade a gente mata; a lembrança a gente guarda; a tristeza a gente supera. Mesmo quando a saudade é sofrida, esta é a melhor prova de que o passado valeu a pena. Este passado a gente embrulha, coloca um laço de fita e torna-se um vistoso presente…

Não comungo do entendimento de que a vida deva atingir somente os setenta anos (Salmo 90:10) e o que ultrapassar esse limite estaria fadado ao cansaço e ao tédio.

Empenho-me em fazer apologia do otimismo, que vem a ser fé em ação. Prossigo empenhado em disseminá-lo, difundindo-o em sementes de paz e justiça.

Otimismo é esperar pelo melhor, enquanto confiança é saber lidar com o pior. As pedras que encontrei no caminho, eu as guardo comigo, imbuído da certeza de que com elas poderei ainda construir um castelo…

Se há pessoas que choram ao saber que as rosas têm espinhos, há outras que sorriem quando constatam que os espinhos têm rosas.

Ter esperança significa aguardar pelo que mais ninguém espera. O mundo pertence aos otimistas; os pessimistas são meros espectadores. Que não deixemos de cultivar a alegria em relação à esperança e ter paciência diante do infortúnio.

Espero que a justiça jorre neste País como uma fonte e a equidade como uma poderosa correnteza. Já é hora de tirar esta Nação da areia movediça das inconstâncias sociais, de modo que possa se abrigar na sólida rocha da fraternidade.

Vamos ser otimistas, por maiores que sejam os riscos e atropelos que a Pátria ainda venha a enfrentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + 19 =